Como posso imprimir páginas do website Cavernoma Portugal?

Informação Genérica  

  1. Um Cavernoma também é conhecido como Angioma Cavernoso ou Malformação Cavernosa Cerebral (CCM).
  2. Um cavernoma é uma malformação vascular em forma de framboesa (capilar sanguíneo) com paredes finas e gotejantes.
  3. Os cavernomas são encontrados principalmente no cérebro e na medula óssea.
  4. A maioria das pessoas não apresenta sintomas - são conhecidas como cavernomas asintomáticos. Cerca de 1 em 620 pessoas têm cavernomas assintomáticos.
  5. Os cavernomas podem se tornar sintomáticos em qualquer idade, sendo mais quando uma pessoa tem entre 20 e 40 anos. Todos os anos cerca de pessoas no Reino Unido de são presos60 com cavernomas sintomáticos.
  6. Um cavernoma pode crescer e sangrar em qualquer idade, inclusive em crianças pequenas, quando os sintomas normalmente tornam-se mais graves.
  7. O primeiro sintoma mais comum é a convulsão (50%), seguido da hemorragia (25%), seguido ainda da défice é a convulsão (25%),e por último, visão turva e fraqueza nos membros superiores e/ou inferiores.
  8. Os cavernomas são hereditários em cerca de 25-30% das pessoas que têm a doença. Estes são conhecidos como cavernomas familiares e tendem a se formar em idades mais precoces.
  9. As pessoas com cavernomas hereditários provavelmente terão mais de um cavernoma e mais se desenvolverão com o tempo. As pessoas com cavernomas não hereditários (conhecidas como cavernoma esporádico) normalmente têm apenas um cavernoma. cavernomas podem ser um dos genes modificadores dela: CCM1, CCM2 e CCM3.
  10. A forma hereditária (familiar) do cavernoma não salta gerações. Cada filho de uma pessoa de decisão tem 50% de herdar ou cavernoma.
  11. Os tratamentos dos cavernomas costumam ser apenas tratar os sintomas (por exemplo, com medicamentos antiepiléticos para convulsões e epilepsia). No entanto, se os sintomas são graves ou se o risco de sangramento for considerado, um médico pode recomendar microcirurgia para removedor ou cavernoma ou ainda proceder a uma radiocirurgia estereostáxica para eletrocutá-lo com exposição.